O meu diário da preparação para o Claro Brasil Ride

Este blogue destina-se exclusivamente a compartilhar convosco a preparação para a minha primeira grande aventura além-fronteiras em BTT, e que será também a minha primeira prova por etapas em bicicleta de todo-o-terreno.

A Claro Brasil Ride é uma competição que se vai disputar entre equipas duplas, tem 6 dias de duração, com início no dia 14 de Novembro. Os mais de 600km vão desenrolar-se na magnifica Chapada Diamantina (Bahia). Espera-se muita dureza.

O meu colega de equipa é Abraão Azevedo. Ciclista muito conhecido na América do Sul, com vários títulos conquistados, sobretudo no XCO.
A minha missão é treinar o melhor possivel no curto espaço de tempo que me resta até à prova, para estar à altura do meu colega, e da dureza que me espera.

Esta aventura só será possível com o apoio de várias empresas: GoldNutrition, BikeZone, Cannondale, Fullwear, TAP, Garmin, e mais importante, família e amigos.

Mais sobre mim em www.gamito.eu
Mais sobre a Claro Brasil Ride em www.clarobrasilride.com


terça-feira, 5 de outubro de 2010

DIAS -43 A -40: Reviver a Estrela

Nestes 4 dias encontro-me na Serra da Estrela em mini-estágio. Será uma espécie de reviver os anos de profissional em que, para preparar a Volta a Portugal, estagiava uma semana na Estrela.

Este estágio proporcionou-se pela minha participação na Maratona Rota do Teixo, realizado no Domingo, em Teixoso, Covilhã.
Acerca desta maratona, se o S.Pedro não nos tivesse pregado uma partida, teria sido espectacular. Trilhos lindos, subidas longas e descidas de cortar a respiração. Gente muito hospitaleira e simpática. Trilhos também muito bem marcados e ainda disponibilizaram track GPS. Mas a chuva e o frio repentinos, estragaram a festa. 
Eu acabei por apontar para a meia-maratona, já que o joelho não estava a gostar nada deste temporal.
Ficou a saber a pouco, e assim, já combinei com um grupo de amigos desta zona, para na Terça fazermos um treino de 5 horas, mas a passar pelos trilhos da maratona de Domingo. 
Na segunda-feira, as condições atmosféricas já estavam muito melhores. Eu e três novos colegas que arranjei - Paulo, Marco e Bruno, fizemos um treino de recuperação em BTT, por caminhos planos ao lado da Serra da Estrela. Em Torres Vedras, não consigo arranjar terreno tão plano para o BTT! Ou se sobe ou se desce.
A seguir ao treino, fiz mais uma "peregrinação" ao Museu do Pão, em Seia. Para além de ser um local interessantíssimo de visitar, também tem um dos meus restaurantes preferidos.




Terça-feira, dia -40, para mim o dia tão ansiado. Simplesmente porque iria pedalar, mais uma vez, no interior da Serra da Estrela. A última vez tinha sido no GeoRaid. Adoro fazer subidas longas rodeado pela natureza e ar puro! Adoro a Serra da Estrela. Tenho boas e más recordações deste local. Mas as boas são as que prevalecem.
Mais uma vez, o Paulo o Bruno e ainda o João e o Ricardo, fizeram as honras da casa e levaram-me para locais espectaculares da Estrela. Tão espectaculares como duros!!


Infelizmente o treino teve que ser "abortado". Tinha que ir para o hotel, pois tinha-me esquecido completamente que tinha que deixar o quarto até às 12h! Em vez das 5h previstas, acabou por dar apenas 3h30. Mas valeu mesmo a pena. Obrigado amigos, por mostrarem-me partes da Estrela que eu ainda não conhecia.

Por falar em partes da Estrela que eu ainda não conhecia, na segunda-feira quando me dirigia para Seia, fiz toda a subida da Covilhã para a Torre... de carro. A minha filha, espantada com a extensão da subida e sua altitude, perguntou-me se eu já alguma vez tinha feito aquela subida de bicicleta. Eu respondi-lhe: "Algumas" - Aqui para nós, devem ter sido mais de 50 vezes! Entre treinos e competição. - E a minha filha responde: "Eu para subir isto, precisava de um camião de rissóis atrás de mim!" :)


Esta inscrição já tem 10 anos!

O mini-estágio na Estrela chegou ao fim. Gostaria de ter ficado mais uns 2-3 dias. Nos próximos 3 dias vem o trabalho, e depois no Sábado e Domingo é a vez do SUDOEX, prova de dois dias durissima, que servirá de preparação para o CBR. Se tudo correr bem, será o meu primeiro contacto com a Cannondale Flash :)

Ah, quanto ao estado do meu joelho. No Domingo com o frio e a chuva, ressenti-me um pouco, mas na segunda-feira e na terça, já estava melhor, e na terça até deu para apertar nas subidas :)
De qualquer forma, vou ver se é possivel ainda esta semana, ir ao CMEP para levar uma injecção de Durolane, pois o Sudoex não deve ser "pêra doce"!

Sem comentários:

Publicar um comentário